sábado, 22 de setembro de 2007

Goût chocolat noisette.

Tenho muita coisa para vos contar desde quinta-feira à noite, mas vou começar este post com uma coisa muitíssimo mais importante: o meu pequeno-almoço! :P Encontrei uns cereais chamados "LunaStella", da Kellogg's, que são o meu pequeno prazer matinal - sabem a nutella! Além disso, são luas e estrelas ^^ digam lá se não é o máximo?! :]

E agora já posso começar com as coisas a sério! Na quinta-feira à noite, fui jantar com as belgas à Fondation Biermans-Lapôtre, que é bastante perto da Maison du Portugal. Foi um jantar muito animado e bastante internacional: uma italiana, uma alemã, uma portuguesa (eu!) e quatro belgas. No andar de baixo, estava a decorrer uma festa, que acabou por terminar mais cedo do que o previsto e por acção dos seguranças (parece que alguém se esqueceu de pedir uma autorização!). Como era quinta-feira, a noite de erasmus em Paris, fomos todos para o Mix, uma discoteca em frente às galerias Lafayette, que tinha entrada gratuita para os estudantes estrangeiros - mas só antes da meia-noite. Chegámos lá às 23h30, mas a fila era tão grande que não conseguimos entrar a tempo... e claro, pagar 15€ era muito pouco simpático, por isso voltámos para casa e decidimos ir para lá bastante mais cedo na próxima quinta!

Ontem não tive aulas (ainda), por isso resolvi fazer um dia "zen". Depois de almoçar na cantina da CiuP (que, repito, é uma grande bodega), fui passear para o Jardim do Luxemburgo com a Mariana, o David e o João. Para os que se lembram, este era o jardim que ficava próximo da primeira residência que me atribuíram, e devo dizer que a publicidade que me fizeram deste lugar corresponde bastante à realidade: é um espaço maravilhoso. As flores têm cores incríveis, o palácio é lindo, há esculturas e instalações artísticas no meio das árvores... enfim, é mesmo o que eu esperava e talvez ainda melhor! Duas curiosidades: primeiro, era sexta-feira e, apesar de ainda estarmos dentro do horário de trabalho, o jardim estava cheio de pessoas: umas liam o jornal, outras ouviam música, outras desenhavam, outras namoravam... Depois, ninguém estava sentado na relva, mas sim nas cadeiras que ali estavam colocadas para esse propósito! O meu primeiro pensamento foi: "se pusessem cadeiras destas no jardim do Campo Grande, não ficavam lá mais de uma semana" - mas, pelos vistos, em Paris ficam.


Estava uma grande instalação sonora no Jardim, intitulada "Voile de Murmures". Fiquei fascinada com o conceito: a obra, inspirada e dedicada a Valentine de Milan, esposa de Louis de France, duque de Orléans, era composta por seis colunas azuis de metal que emitiam sons do quotidiano, misturados com declamações de poesia - em sussurro. O efeito conjugado das três vozes de mulheres, do frio da cor e do material, dos ruídos ásperos e metálicos, era tão intenso que nem podia acreditar que estava mesmo no meio de um jardim público. É por coisas como esta que adoro Paris!


À noite, fomos até junto do Hôtel de Ville, onde tinha estado a passar o jogo de rugby, para "ir buscar" alguns dos portugueses aqui da residência. Fiquei espantada com a quantidade de lixo que um grupo de pessoas a ver rugby consegue deixar em frente a um edifício tão bonito como a Câmara de Paris... Mas sim, também foi impressionante ver que não demorou muito até que um carro do lixo fosse lá recolher o espólio!


Depois de estar o grupo reunido, era suposto irmos sair. Mas acabámos por andar às voltas até muito tarde por Châtelet e Les Halles, o que me deixou sem pica nenhuma e acabou por resultar num regresso a casa muito mortiço no Noctilien. Hoje espero ter uma noite mais animada, começam a ser demasiadas saídas a redundar em nada! :P Ah, e claro... no meio das voltas todas que demos, acabei por perder uns bocadinhos com fotografias parvas de quem não tem mais nada que fazer! :]


Uma última palavra para dizer que as pessoas é que fazem a nossa estadia aqui: se não tivesse encontrado um grupo de pessoas tão bom, nada disto estaria a ser assim tão espectacular! Obrigada, meninos!

[por hoje, fica aqui a Mariana, a Carol, a Sofia e o Rui!]


P.S. - Para os que estão intrigados com o título do post, é mesmo só isto: tinha aqui a minha linda embalagem de lunastella ao lado e é uma seca inventar títulos para todos os posts!

4 comentários:

Elsa disse...

Bem se nao fosse nutella....eu até ficava admirada... :P
É bom saber que estás a gostar.
Vou acompanhando as novidades, e estou mortinha por saber mais!
Vou passando um creminho nesta minha dor de cotovelo, pode ser que melhore! :P

Diverte-te Ritinha
beijocas

Ed Carrion disse...

Não posso ler os teus textos... É tentador saber que há sítios assim como descreves... Aqui só há sujidade e decadência. É triste e medonho. É fazer-nos esperar a morte por não haver incentivo de viver... Aqui as ruas são desertas de vida e vazias de arte...
Pesadelos à parte, Gostei das fotos.
Espero que estejas a passar bons momentos.

Beijos.

;)

Mapha la fora disse...

primeiro comentario dos states! =P ja viste o privilegio?lololol
so para dizer ola, e claro, para dizer para passares entretanto pelo meu bloguecas que vai ter noticias nao tarda!

beijocas cheias de calor (estao mais de 30graus!!)

Era uma vez ... disse...

ohhhhh...k vontade d tar ai!!!! lol!!essas descrições deixam kk um xeio d vontade d tar ai!!!!! beijinhos GRANDES!!!!