domingo, 9 de setembro de 2007

Erasmus fait sa croisière!

O dia que começou por ser vazio e sem graça acabou por ver chegar as coisas positivas que eu tanto queria! Durante a tarde, fui ver uma exposição de arquitectura norueguesa perto do Centro Pompidou. Não era nada de especial, mas a viagem acabou por valer mesmo a pena pelas ruas à volta da galeria. Era um bairro muito invulgar, com stencils e muita arte de rua, lojas de design e de roupa em segunda mão, pastelarias e padarias, chinesas a lavar o cabelo à porta e todo o tipo de artigos e bares homossexuais!


[paredes e portas nas ruelas de Paris]


E, claro... não resisti quando passei por uma pastelariazinha que estava a abarrotar de gente e que tinha uma montra quase tão apetitosa quanto o cheirinho que saía pela porta. Lá paguei 3,20€ por uma tarte aux fraises - e foi dinheiro muito bem gasto. :]

[a Marta, eu e a Sofia a babar. ihihih]

O nosso jantar foi tipicamente parisiense: fizemos um piquenique ao pé da Torre Eiffel (sim, é bastante mais impressionante do que eu esperava de um monumento cuja imagem está tão gasta), com baguettes, queijo e vinho! Para além da companhia, que era muito boa, esta noite vai ficar na memória pelo impacto que a torre iluminada teve em mim, bem como pela imagem de tantas pessoas sentadas no relvado com garrafas de vinho e instrumentos musicais... Paris é um universo diferente.


[eu, a Marta, o David, a Sofia, o Ivan, o Thomas, a Marie, o Zé, a Catarina,
o João, o Rui e a Carolina em frente à Torre Eiffel]

Quando começou a arrefecer muito, seguimos caminho para o Sena. Fomos a uma festa num barco, que era uma espécie de discoteca flutuante! Às 3h da manhã, o barco deu uma volta pelo rio e pudemos ver Paris à noite, com todas as suas luzes e encanto. Por outro lado, sei agora que as festas de Erasmus são mesmo o que dizem delas: um grande centro de engate. Mas se nos conseguirmos abstrair disso, são bastante suportáveis, com a vantagem de termos uma bebida incluída na entrada e de podermos falar com pessoas de várias nacionalidades. E assim fizemos um pequeno cruzeiro pelo Sena! :]

E pronto, hoje estou olheirenta mas não faz mal :P Vou à missa a Notre Dame ao fim da tarde e depois logo vos conto como foi!

1 comentário:

O Preto disse...

NOUS VON À LA MAISON!